Reflexões‎ > ‎

‎‏‎‎‎‎‎‎‏‏‏‏‏‎‎‎‎‎‏‎‎‏‎‎‎‏‏‏‏‏‏‏‏‏‎‏‎‏‎‎‏‎‎‏‎‎‏‎‎‏‏‏‎‎‏‎‎‎‏‏‎‎‏‎‏‏‎‎‏‏‎‏‏‎‎‎‏‎‏‏‏‎‎‏‏‏‎‏‏‎‎‏‎‏‎‎Declaração de interesses

Publicado a 14/10/2009, 15:20 por Luís Gonçalves
Como é  do conhecimento público fui, durante 15 anos, Vereador a Tempo Inteiro da Câmara Municipal de Sardoal e Vice-Presidente da mesma desde a criação daquele cargo, tanto quanto me recordo, em 2001. Suspendi o meu mandato entre 1 de Dezembro de 2008 e 30 de Abril de 2009, tendo renunciado ao mesmo com efeitos a partir de 1 de Maio de 2009.

Fui, também, durante muitos anos, militante do PSD, tendo desempenhado o cargo de Presidente da Comissão Política da Secção de Sardoal (1 mandato) e o cargo de Vice-Presidente da mesma Comissão durante pelo menos 2 mandatos.

Em 15 de Maio de 2009, por absoluta discordância com o processo de formação das listas para a Eleições Autárquicas de 2009, apresentei a minha demissão de militante do PSD. 

Em todo este processo, desde o dia 1 de Dezembro de 2008 e até hoje, apenas me manifestei publicamente uma vez, através de uma carta publicada no semanário «Primeira Linha» em 28 de Maio de 2009, carta essa abusivamente utilizada num panfleto anónimo distribuído no final da campanha eleitoral autárquica. Considero essa utilização abusiva porque foi feita sem o meu conhecimento ou consentimento, ainda que não a possa considerar ilegítima ou ilegal porque se tratava de um documento público.

Houve quem colocasse a hipótese de ser eu o autor desse panfleto anónimo, mas só quem não me conhece é que pode colocar essa hipótese. Sempre assumi as minhas ideias e quando as quis divulgar sempre assinei por baixo, como fiz, aliás, com a carta publicada no «Primeira Linha». 

Prometi, a mim mesmo, ficar em silêncio até às Eleições Autárquicas de 2009 e cumpri escrupulosamente essa promessa. A partir de agora passarei a assumir uma posição cívica de participação na vida da minha Terra, fazendo-o, para já, através deste site, onde para além da divulgação das minhas reflexões politicas ou pessoais, procurarei continuar um trabalho que iniciei há muitos anos, divulgando alguns aspectos da Cultura Sardoalense, que considero pouco divulgada. 

As Eleições Autárquicas realizaram-se, foram apurados os resultados que reflectem a vontade dos eleitores sardoalenses. O PSD ganhou, o PS perdeu! Resta-me felicitar os vencedores e cumprimentar os vencidos. Que todos saibam assumir as suas responsabilidades, uns no exercício do poder que lhes foi conferido, respeitando os valores democráticos e cumprindo as promessas que os conduziram à vitória, os outros no seu papel de oposição, que se exige séria, crítica e criativa, reivindicando de forma continuada e exigente o cumprimento do Estatuto da Oposição e contribuindo para a divulgação do estado do Município de Sardoal, junto dos Sardoalenses. 

Não quero emitir opiniões pessoais sobre os resultados destas eleições, mas não resisto a lançar um desafio a todos os que se interessam pela vida política sardoalense de que façam uma análise séria e serena dos resultados na freguesia de Sardoal e na freguesia de Alcaravela. Desta análise, em minha opinião, podem ser retiradas muitas ilações para aplicação futura, desde que exista a humildade suficiente para reconhecer os erros cometidos… 
Comments