Início‎ > ‎Património Cultural‎ > ‎Igreja Matriz‎ > ‎

1. Origens

Não são conhecidos documentos que possam fundamentar, com rigor, as origens da Paróquia de S. Tiago e S. Mateus de Sardoal e ajudar, ao mesmo tempo, a determinar a data da fundação da sua Igreja Matriz.

Sabe-se que já existia em 1393, por uma carta de D. João I, de 23 de Outubro desse ano, guardada no Arquivo Municipal de Sardoal, em que se determinava que os moradores do Sardoal não fossem constrangidos a assistir à festividade do Corpo de Deus, em Abrantes, visto que a solenizavam com pompa na sua Igreja do Sardoal.

Nesse tempo o orago da Paróquia era apenas S. Mateus e a primitiva Matriz, situava-se defronte da actual Igreja da Misericórdia, de que em meados do século XVIII ainda existiam vestígios.

A Paróquia de S. Tiago e S. Mateus apenas foi criada no reinado de D. Afonso V. Este Rei assume o governo em 1446, reinando até 1481.

Se se aceitar que o início da construção da actual Igreja Matriz de Sardoal ocorreu durante o reinado de D. Afonso V, provavelmente depois de 1450, que tipo de arquitectura teria esse primitivo templo?

Comments